O Festival InShadow, certame internacional que une a dança e o cinema, com o Reino Unido como país convidado nesta edição, começa esta quarta-feira, com uma programação de vídeo, espetáculos exposições e instalações em vários espaços de Lisboa.

De acordo com a organização, o InShadow – 6.º Festival Internacional de Vídeo, Performance e Tecnologias irá apresentar uma programação contemporânea transdisciplinar, centrada na vídeo-dança, até 7 de dezembro.

Os palcos do festival serão o São Luiz Teatro Municipal, o Teatro do Bairro, o Centro Cultural Malaposta, o Museu da Marioneta, o Museu do Oriente, o Museu Bordalo Pinheiro, o Centro Nacional de Cultura, o Oceanário de Lisboa, a Cinemateca Portuguesa, entre outros.

Um dos momentos altos do festival, organizado pela associação Vo’Arte, será a competição internacional em vídeo-dança, com quatro sessões, no Teatro São Luiz.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Este ano houve 280 candidaturas, tendo sido selecionados 46 filmes oriundos de 25 países. O júri oficial das sessões de competição de vídeo-dança será presidido pela professora e crítica de dança Maria José Fazenda, acompanhada pelo diretor artístico e professor Leonel Brum e pela coreógrafa Silke Z.

A seção de performances integra sete espetáculos em estreia nacional absoluta, serão montadas sete instalações e três exposições. A programação é da responsabilidade de Ana Rita Barata e Pedro Sena Nunes.