António Sampaio da Nóvoa vai dirigir, durante o ano de 2015, a iniciativa Políticas Públicas da Universidade de Lisboa, uma estrutura nova e que pretende discutir e propor “políticas eficazes e promotoras do desenvolvimento de Portugal”.

O ex-reitor da Universidade de Lisboa que, entre os socialistas, é apontado como putativo candidato presidencial, caso António Guterres não queira avançar, vai estar dedicado em exclusivo a esta tarefa.

Ao Observador, o professor catedrático explicou que esta era uma missão que estava a ser planeada há cerca de dois anos, desde a fusão da Universidade Clássica de Lisboa com a Técnica. “Vai ser um espaço de reflexão sobre a sociedade portuguesa. Um dos objetivos, na fusão, foi o de aproximar mais a universidade da cidade de Lisboa e torná-la mais comprometida com o desenvolvimento do país, mais virada para fora de modo a dar um contributo mais forte no debate público”, afirmou.

O ex-reitor da Universidade de Lisboa nega, contudo, que este seja um palco à medida de uma futura candidatura presidencial. “Não sou candidato a nada. As notícias que circulam não têm a ver comigo”, explicou, acrescentando que esta iniciativa não é uma ideia recente.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Sampaio da Nóvoa tem tido progressivamente nos últimos anos um papel mais ativo na política. Em 2012, foi convidado pelo Presidente da República para discursar no 10 de junho, tendo feito uma comunicação centrada na pobreza e no desemprego. Depois disso, participou no Novo Rumo, organizado por António José Seguro e no último congresso do PS, a convite de António Costa.

De acordo com o despacho da nomeação, publicado esta quarta-feira no Diário da República e assinado pelo reitor da Universidade de Lisboa, António Cruz Serra, competirá a Sampaio da Nóvoa “organizar debates públicos centrados em temáticas relacionadas com as políticas públicas, propor projetos que dinamizem o desenvolvimento social e económico do país, propor ações que aprofundem a relação da universidade com a sociedade e produzir e publicar documentos relacionados com o resultado das suas atividades”.