Dos 13o hospitais avaliados pela Entidade Reguladora de Saúde (ERS) na dimensão da excelência clínica, 106, ou seja 81,5%, demonstraram cumprir os critérios de qualidade exigidos, de acordo com a segunda avaliação anual de 2014 do Sistema Nacional de Avaliação em Saúde (SINAS). Sete unidades hospitalares não alcançaram a estrela de excelência do regulador da saúde.

A dimensão excelência clínica reflete os resultados relativos às áreas de Acidente Vascular Cerebral, Cirurgia Cardíaca, Cirurgia de Ambulatório, Cirurgia do Cólon, Cirurgia Vascular, Enfarte Agudo do Miocárdio, Ginecologia, Obstetrícia, Ortopedia, Pediatria e Unidades de Cuidados Intensivos, decorrentes da submissão de episódios de internamento com alta entre 1 de janeiro a 31 de dezembro de 2013. E são avaliados, voluntariamente, hospitais dos setores público, privado e social. Os resultados são publicados duas vezes ao ano. Desta vez participaram 163 unidades, mas nem todas quiseram ser avaliadas em todos os pontos, ou não apresentaram dados suficientes.

De acordo com a ERS, “no que se refere à dimensão Excelência Clínica, verificou-se um aumento do número de prestadores que obtiveram nível de qualidade III [o máximo] nas áreas de Ortopedia (46%), Cirurgia de Ambulatório (44%) e Ginecologia (27%) relativamente à primeira avaliação efetuada em junho de 2014″. Ainda assim é possível verificar por estes números que menos de metade das unidades hospitalares cumprem com todos os requisitos de qualidade nestas três especialidades médicas, sendo que em ginecologia nem chega a um terço o número de hospitais classificado como “excelente” do ponto de vista clínico.

Há mesmo áreas em que nenhuma das unidades hospitalares, que se propuseram a ser avaliadas, atingiram a classificação máxima ao nível da excelência clínica: cirurgia de revascularização do miocárdio (cirurgia cardíaca), cirurgia valvular e outra cardíaca não coronária, e pneumonia pediátrica.

Também nas dimensões de procedimentos de segurança, adequação e conforto das instalações, focalização no utente e satisfação do utente houve mais unidades a obter nota máxima.