Efeméride

Casa-Museu Miguel Torga evoca médico e escritor nos 20 anos da sua morte

156

As iniciativas para assinalar a data da morte de Adolfo Rocha, cuja obra literária assinou sob o pseudónimo de Miguel Torga, decorrem na Casa-Museu Miguel Torga este sábado.

©D.R.

Autor
  • Agência Lusa

A Câmara de Coimbra evoca Miguel Torga este sábado, dia em que se completam 20 anos sobre a morte do médico e escritor, naquela cidade, onde se fixou em 1941 e viveu a maior parte da sua vida.

As iniciativas para assinalar a data da morte de Adolfo Rocha, cuja obra literária assinou sob o pseudónimo de Miguel Torga, decorrem na Casa-Museu Miguel Torga, que foi residência do homenageado durante cerca de quatro décadas, adquirida (em dezembro de 2004) e transformada em espaço museológico pelo município.

Inaugurada em 12 de agosto de 2007, quando se completaram 100 anos sobre o nascimento do poeta, em São Martinho de Anta, no concelho trasmontano de Sabrosa (Vila Real), a Casa-Museu Miguel Torga visa perpetuar a vida e obra do escritor, albergando o espólio doado ao município de Coimbra pela filha, Clara Rocha.

No âmbito da evocação, terão lugar, a partir das 14:30, visitas guiadas à Casa-Museu, nos Olivais, na Alta da cidade.

A programação evocativa inclui a inauguração, às 16:00, da exposição fotográfica e documental “Miguel Torga – Percurso de uma Vida”, na qual se mostram o bilhete de identidade, a caderneta militar, a certidão de casamento, a cédula da Ordem dos Médicos, o diploma de Soldado Enfermeiro, medalhas, prémios e condecorações, atribuídas ao escritor.

Trata-se de uma abordagem fotográfica e documental que assinala o percurso de vida do escritor, desde a adolescência, através de peças de uso quotidiano, como a caneta, o relógio, a boina ou o estetoscópio, como descreveu à Lusa a vereadora da Câmara de Coimbra, responsável pelo pelouro da Cultura, Carina Gomes.

A programação inclui também uma palestra de Carlos Carranca, sobre os “Tempos de aprendizagem na vida e obra de Miguel Torga”, e a apresentação do livro “Dois homens num só rosto – Temas torguianos”, de Maria Hercília Agarez.

A iniciativa encerra com a projeção do filme “Natais de Torga”, produzido pela Bonifrates, Cooperativa de Produções Teatrais e Realizações Culturais, em dezembro de 2011 e de 2012, a convite da Câmara de Coimbra.

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Efeméride

Maio de 68: 50 anos depois

João Carlos Espada

Contra os anseios revolucionários de Maio de 68, a França permaneceu “burguesa”, isto é, livre e democrática. Pôde assim absorver ideias de Maio de 68, que teriam sido esmagadas pelos comunistas.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)