As autoridades chinesas confirmaram hoje que pelo menos 21 pessoas morreram e outra permanece desaparecida no naufrágio de um barco no rio Yangtze, no leste do país, informou a agência Xinhua.

O barco, um rebocador recém-fabricado, estava em fase de testes na província oriental chinesa de Jiangsu, quando se afundou na noite de quinta-feira com 25 pessoas a bordo.

Três pessoas foram resgatadas com vida.

As equipas de resgate conseguiram trazer à superfície os destroços do barco, 40 horas depois do naufrágio, e certificaram a morte da maior parte da tripulação.