Os resultados do BCP na Polónia aumentaram 21,5% em 2014, relativamente ao ano anterior, atingindo os 155,2 milhões de euros, indiciou hoje o banco num comunicado enviado à Comissão do Mercado dos Valores Mobiliários (CMVM).

“O resultado consolidado do Bank Millennium em 2014 atingiu 651 milhões de zlotys (155,2 milhões de euros), o que representa um aumento de 21,5% quando comparado com o ano de 2013”, refere o banco no documento.

Quanto ao resultado líquido no quarto trimestre de 2014, o BCP indica ter atingido 157,7 milhões de zlotys (37,6 milhões de euros), o que representa “uma diminuição de 9% face ao resultado líquido do trimestre anterior, penalizado pelo impacto negativo da redução das taxas de juros em outubro”.

No comunicado, a instituição liderada por Nuno Amado indica que a margem financeira “aumentou 15,3% em termos anuais, apesar das taxas de juro de mercado se terem situado abaixo do esperado”, tendo as comissões líquidas progredido 3,9%”.

O crédito às empresas registou um crescimento de 13% em termos anuais, que a instituição diz ser “superior à média do mercado”.

O BCP declara ainda que o Bank Millennium conta com “uma liquidez estável e forte posição de capital”, um “rácio de crédito sobre depósitos confortável em 92%” e um “rácio de crédito sobre fontes de financiamento estáveis de 88,4%”.

O rácio de capital total é de 15,2% e o rácio Common Equity Tier 1 de 14,5%, refere ainda no documento enviado à CMVM.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR