Não ter um saca-rolhas à mão quando se pretende abrir uma garrafa de vinho é uma adversidade quase tão comum como querer fumar e não encontrar isqueiro nem fósforos. É, no entanto, bem mais fácil encontrar uma forma alternativa de abrir a garrafa do que conseguir fazer fogo do nada. Não faltam, espalhados pelas redes sociais, vídeos e tutoriais diversos que ensinam a dispensar o saca-rolhas: o problema é que quando é necessário recordar os seus ensinamentos, muitas vezes a memória atraiçoa e não há maneira de lhes aceder. Lembre-se disso quando estiver prestes a fechar esta notícia antes de imprimir ou guardar este guia tão simples como bonito e tão bonito como útil: a questão não é se irá precisar dele, mas sim quando é que precisará.

Abrir-garrafas