Um vestido Calvin Klein com 6 mil pérolas bordadas, foi a escolha da atriz Lupita Nyong’o para a 87º cerimónia dos Óscares. Sabe do que estamos a falar? Pois bem, a peça que para o bem ou para o mal já se tornou icónica entre as que desfilaram pela passadeira vermelha foi roubada esta quinta-feira, 26 de fevereiro, segundo avança a imprensa internacional.

Avaliada em 150,000 dólares (132,000 euros), a peça de alta-costura foi levada do quarto do The London West Hollywood onde a atriz já galardoada com um Óscar (o de atriz secundária por ’12 anos escravo”, em 2014) estava hospedada. O ato criminoso terá acontecido na manhã de quinta-feira, quando Lupita se encontrava ausente. A polícia, diz o site TMZ, foi informada nesse sentido, pelo que as autoridades estão e está à procura de respostas nas câmaras de vigilância.

,

AFP/Getty Images

O New York Daily News acrescenta que toda a equipa de Lupita teve acesso ao quarto. Foi lá que a prepararam para a grande noite, entre maquilhadores a hair stylists. A atriz de 31 anos tentou apresentar queixa mal se apercebeu do roubo, mas não o pode fazer porque o vestido não lhe pertence. É propriedade da marca Calvin Klein.

Lupita Nyong’o usou a peça com pérolas bordadas no último domingo e destacou-se entre outras estrelas do mundo do cinema numa passadeira vermelha dominada por uma única tonalidade — porque só faltou a estatueta vestir-se de branco.