A nova sede dos serviços secretos alemães, um enorme complexo com mais de 200 mil metros quadrados, foi assaltada. Mas não foi um assalto qualquer. Os ladrões levam apenas as torneiras dos pisos superiores, deixando a água a correr durante a noite, refere o jornal espanhol ABC. Na manhã seguinte, o edifício, ainda em construção, estava completamente inundado.

O roubo aconteceu durante a noite de terça-feira, num local onde (supostamente) existe uma vigilância apertada. A água inundou alguns dos andares e causou danos que estão avaliados em milhões de euros. “Várias torneiras foram roubadas, o que causou grandes danos”, explicou um porta-voz da polícia de Berlim, que está a investigar o caso.

De acordo com o ABC, os investigadores não descartam a possibilidade de o roubo ter tido motivações políticas. Outras hipóteses incluem uma possível vingança por pagamentos em atraso. “Estamos a investigar todas as hipóteses”, indicou o porta-voz. Os serviços secretos recusaram-se a comentar o incidente.

Este já não é o primeiro acidente relacionado com a construção da nova sede. Em 2011, foram roubados vários planos das obras, que continham informações secretas sobre o centro de tecnologia e logística. O caso obrigou a que a data de conclusão fosse adiada para o final de 2016.

Ernst Uhrlau, head of the German intelligence service, the BND, poses for photographers as he attended a topping-out ceremony for the new German Intelligence service building March 25, 2010 in Berlin. The new headquarters, located in the city's heart, will cost approximately 1.5 billion euros and is expected to be completed by 2014. AFP PHOTO / JOHN MACDOUGALL (Photo credit should read JOHN MACDOUGALL/AFP/Getty Images)

Ernst Uhrlau, antigo diretor dos serviços secretos alemães, junto ao ao edifício em construção – JOHN MACDOUGALL/AFP/Getty Images

Antes do roubo das torneiras, foi anunciado que a data iria ser novamente alterada para 2017, devido a problemas técnicos. Não se sabe se o mais recente incidente irá atrasar ainda mais a conclusão das obras.

A atual sede do Serviço Federal de Inteligência, os serviços secretos alemães, fica localizada em Pullach, na Baviera. A sua deslocação para Berlim está programada desde 2011. O novo edifício irá abrigar cerca de quatro mil trabalhadores.