As brelfies estão a ganhar popularidade nas redes sociais. Se no passado o Facebook foi acusado de remover fotografias de mães a amamentar, agora a sua política terá mudado: o ato de amamentação é considerado “natural e bonito”, o facto de as mães gostarem de partilhar essa experiência com os outros é motivo de congratulação, e até o centro de ajuda garante que a grande maioria das fotografias deste teor respeitam as suas políticas.

Claro que com esta nova tendência, surge alguma controvérsia. Algumas pessoas já expressaram que nem tudo necessita de ser fotografado e partilhado, porque há coisas que devem permanecer no domínio do privado. Outras argumentam que as crianças fotografadas não têm qualquer escolha na matéria e que publicar a sua imagem em redes sociais é injusto.

Existem ainda outras mães que têm usado as brelfies como forma de defender a amamentação em público, visto que ainda há tabus nesta área. Se umas assumem a amamentação livre, outras criaram a necessidade de um “avental de amamentação” para as mais pudicas.

Entre as mais famosas brelfies, contam-se a de Gisele Bundchen, modelo brasileira, que publicou uma em dezembro de 2013, e a de Gwen Stefani, vocalista dos No Doubt, em julho de 2014.

Gisele

Fotografia retirada do instagram de Gisele Bundchen.

Gwen

Fotografia retirada do instagram de Gwen Stefani.

Em novembro passado, a fotografia de Jacci Sharkey, uma estudante australiana a amamentar aquando da conclusão do seu curso, tornou-se viral, atingindo 295.000 gostos e 10.700 partilhas. Jacci usou a brelfie para agradecer à universidade o facto de ter conseguido formar-se ao mesmo tempo que teve dois filhos.

brelfie1

Jacci Sharkey