Vítor Bento regressa à SIBS (Sociedade Interbancária de Serviços), mas irá deixar as funções executivas que desempenhou ao longo de vários anos. Fonte financeira citada pela agência Lusa adianta que o gestor vai ocupar o cargo de presidente não executivo da empresa que gere a rede do sistema Multibanco, por vontade própria.

A nova presidente executiva da SIBS será Madalena Cascais Tomé. Os novos órgãos sociais da SIBS serão eleitos em assembleia geral no próximo dia 20 de abril, adianta fonte oficial da SIBS, citada pela Lusa. Os nomes dos novos órgãos sociais já têm o acordo dos acionistas da SIBS, que são os bancos a operar no mercado nacional. A gestão executiva da sociedade estava a cargo de João Luís de Oliveira Baptista e Luís Pedro Ferraz Flores, que serão reconduzidos no novo mandato.

Para além de um novo presidente, a SIBS terá ainda num novo modelo de governo da sociedade que separa as funções executivas das não executivas.

Vítor Bento trocou a presidência executiva da SIBS em julho de 2014 depois de ter aceitado o convite para liderar o Banco Espírito Santo (BES). Vítor Bento ainda ficou na presidência do Novo Banco após a resolução até meados de setembro do ano passado, data em que apresentou demissão, por divergências quanto à estratégia das autoridades para a instituição que aposta na venda acelerada do banco.

Segundo a Lusa, Madalena Cascais Tomé é quadro da Portugal Telecom onde é diretora de operações comerciais.