Uma “doença misteriosa” matou 18 pessoas, que sucumbiram repentinamente, entre 23 casos de infeção registados no sudoeste da Nigéria, na cidade de Ode-Irele, disseram hoje responsáveis sanitários nigerianos citados pela agência noticiosa francesa AFP. Oficiais de saúde do Estado de Ondo indicaram que foram registadas 23 infeções e 18 mortes por uma “doença misteriosa” que surgiu no “início da semana, na cidade de Ode-Irele”.

Os sintomas desta doença foram confirmados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e são dor de cabeça, perda de consciência e de peso, distúrbios de visão, seguidos de morte em 24 horas. Os testes realizados até agora não indicaram se se trata de uma doença viral, nem especificamente do vírus Ébola, disse o porta-voz do Estado nigeriano de Ondo, Kayode Akinmade.

O mesmo responsável disse que especialistas da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde nigeriano, tal como outros parceiros, encontram-se já em Ode-Irele para investigar a infeção desconhecida. O Hospital Universitário de Lagos está já a analisar amostras de fluidos corporais das pessoas infetadas, segundo um porta-voz da OMS.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR