A sorrir e sem o menor sinal de cansaço. Kim Jong-un, o líder da Coreia do Norte, “escalou” de botas e sobretudo o Monte Paekdu, a montanha mais alta do país com cerca de 2.744 metros de altura. Esta foi a informação divulgada pela agência de notícias norte-coreana KCNA este domingo, que segundo o Huffington Post, não é mais que um novo golpe de propaganda por parte do Governo norte-coreano.

Kim Jong-un terá “subido” o Monte Paekdu em homenagem ao seu pai, falecido a 17 de dezembro de 2011, pela primeira vez em 2014 após ter cumprido o período de luto pela sua morte. Esta seria assim a segunda vez que repetia o feito.

O Monte Paekdu, sagrado para os norte-coreanos, é o local de nascimento “oficial” do ex-líder Kim Jong-il. Mas, segundo especialistas, o líder terá nascido na Sibéria, Rússia.

Esta é mais uma das façanhas prodigiosas do líder norte-coreano. Recentemente, foi lançado pelo governo um novo manual escolar que afirma que Kim Jong-un aprendeu a guiar quando tinha apenas três anos e que era um marinheiro notável aos nove. Como estes, todos os feitos do “menino-prodígio” vão passar a ser ensinados na disciplina “Atividades Revolucionárias de Kim Jong-un”, introduzida recentemente nas escolas da Coreia do Norte.