Dezenas de elementos da GNR, reunidos em Lisboa, aprovaram uma moção que contempla protestos em defesa de um estatuto de aposentação, que podem começar já na próxima semana.

No encontro “Pela Defesa de Um Estatuto de Aposentação Digno — Por Uma Segurança Pública de Qualidade”, convocado pela Associação dos Profissionais da Guarda (APG/GNR), em Lisboa, não foram especificadas as formas de protesto.

César Nogueira, presidente da APG/GNR, disse no entanto aos jornalistas que esses protestos podem passar por vigílias e que serão anunciados nos próximos dias.

Em causa esta, dizem os profissionais, o não cumprimento da lei quanto a questões como a idade da reforma ou horários de trabalho.

 

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR