O Dia da Criança em Portalegre foi passado de forma diferente. A Polícia de Segurança Pública decidiu juntar-se às crianças e organizou algumas atividades com elas. Mas há uma que está a causar polémica: é que a polícia ajudou os mais pequenos a simular um motim.

De um lado estavam os “polícias de intervenção” de palmo e meio, com objetos semelhantes aos escudos que as forças policiais utilizam em confrontos. Do outro lado os supostos manifestantes, com folhas de papel amachucadas a fazer de pedras. Veja o vídeo, partilhado no Facebook por um utilizador.

A imagem da esquerda foi a mais polémica e acabou por ser retirada da página de Facebook da Câmara Municipal. Também foram disponibilizadas fotografias de outro tipo de exercícios. Alguns foram realizados pela PSP local ou pelos Bombeiros, enquanto outras foram organizadas por outras entidades.

As redes sociais já reagiram. Umas afirmaram que a atividade incentiva à violência, outras olharam para o exercício com humor.

Screen Shot 2015-06-02 at 11.54.26

O ataque dos mini-portalegrenses

O Observador tentou contactar a Câmara de Portalegre e polícia, mas não obteve respostas.