Os resultados das primárias Livre/Tempo de Avançar que decorreram no fim de semana serão conhecidos só na quarta-feira. A contabilização de votos presenciais e votos por correspondência será “um processo demorado” que vai escolher e organizar as listas desta força políticas às legislativas. Mas já há nova consulta à vista relativa às presidenciais.

Os resultados das primárias, que decorreram durante o fim de semana em 20 mesas de voto por todo o país, serão anunciados pela Comissão Eleitoral no dia 24 de junho. O processo de contagem de votos – que para além dos votos presenciais, inclui os votos por correspondência – “será demorado”, segundo o próprio partido, já que há também que ordenar as listas nos vários círculos eleitorais. Concorriam nestas primárias 385 candidatos e inscreveram-se para votar 7.850 pessoas.

O Livre/Tempo de Avançar, força composta pelo partido Livre e o movimento Tempo de Avançar, vão propor novo desafio aos seus militantes já na sexta-feira, questionando-os se esta força política em conjunto deve ou não apoiar uma candidatura presidencial. Se sim, os subscritores vão poder escrever o nome do candidato que deve ser apoiado – a escolha do nome é livre. Segundo o partido, esta votação deverá acontecer de forma eletrónica.