O artigo original é datado de outubro de 2014, mas nunca esteve tanto na ordem do dia. Vinte e quatro horas depois de o mundo ficar a saber da separação entre Ben Affleck e Jennifer Garner — a Time escreve que o divórcio marca o fim de uma era no que a notícias de celebridades diz respeito –, o site Vulture recupera uma história que homenageia o que uniu o casal durante 10 anos. A peça recua no tempo, mais precisamente até janeiro de 2003, quando mais um episódio do programa Dinner For Five foi emitido na televisão norte-americana.

O programa apostava no seguinte formato: o apresentador (e ator) Jon Favreau convidava atores e realizadores para jantar com ele, de modo a realizar uma entrevista descontraída, como se de uma conversa entre amigos se tratasse. Foi o que aconteceu, à data, com o elenco do filme Demolidor — O homem sem medo (Colin Farrell incluído), a longa-metragem que juntou a dupla de atores tanto na vida profissional como pessoal. E foi durante esse episódio que Garner se apaixonou por Affleck, defende o artigo. Não é muito difícil de perceber porquê.

No vídeo, disponível no YouTube, há três momentos chave que falam por si:

1. Ao minuto 16:10, Garner sai em defesa da honra do agora ex-marido que está a ser gozado pelos restantes intervenientes. “Acho que vou ter de te bater”, comenta num tom descontraído.

https://www.youtube.com/watch?t=980&v=xif09V0BG_s

2. Neste excerto, Garner fala sobre como foi escolhida para interpretar o papel de Elektra no filme em questão e agradece a Affleck por este não a ter obrigado a fazer uma audição — precisamente ao minuto 20:09, ela deixa fugir um sorriso rasgado e um olhar genuíno de gratidão na direção do realizador de Argo.

https://www.youtube.com/watch?t=1181&v=xif09V0BG_s

3. No entanto, a expressão facial de Jennifer não é nada comparado com o que vem a seguir, ao minuto 21:02. É ver para crer.

https://www.youtube.com/watch?t=1252&v=xif09V0BG_s

E se restarem dúvidas…

captura de ecrã

Captura de ecrã