Uma modelo da Playboy foi extraditada da Croácia para o país de origem, a Bósnia e Herzegovina, após suspeitas de estar envolvida em cinco homicídios, conta o Daily Mail. Slobodanka Tosica tem 29 anos e também é acusada de assaltos que ascendem aos 5 milhões de dólares.

De acordo com o mesmo jornal, estes crimes terão sido levados a cabo ao lado de Darko Eles, o chefe de um gangue muito poderoso da Croácia que já esteve preso por roubo e assassinato. Agora, Slobodanka é suspeita de tentar matar o ex-namorado, Djordje Zdrale, também ele membro de um gangue.

A modelo, que ganhou o prémio de Miss Bósnia o ano passado e já participou no programa “Survive” na Sérvia, chegou à Croácia em 2014. O nome de Slobodanka estava presente numa lista de 32 pessoas que deviam ser encontradas e detidas no âmbito da Operação Boneca, que tenta travar os crimes dos gangues no país, explica o Telegraph.