Se passar pelo centro comercial Dolce Vita Monumental, no Saldanha, em Lisboa, não deixe de reparar no corner A.D.O.R.E, um espaço exíguo onde acontecem momentos de beleza milagrosos pelas mãos de Rupa, Hemali e Puja, três indianas oriundas da velha cidade de Diu, na Índia, e que fazem as célebres tatuagens indianas com henna. Neste verão, em que as tatuagens temporárias ou flash tattoos são um acessório obrigatório, não há como ter uma exclusiva pintada na pele como acontece há milénios nos casamentos indianos. Nós fomos lá fazer uma tatuagem ao melhor estilo Bollywood para ver como funciona e voltámos cheios de estilo.

tatuagens, adore, henna, monumental, tatuagens indianas,

O resultado da nossa experiência na A.D.O.R.E do Dolce Vita Monumental, que faz tatuagens com henna. © Sebastião Almeida/Observador

Até agora, só quem se aventurava pelo oriente ou por Marrocos conseguia uma boa tatuagem feita com henna, uma pasta de ervas secas misturada com óleo de eucalipto e desenhada por mãos exímias em fazer flores e arabescos, traços entrelaçados que nos deixam com ar de deusa.

Ao contrário de uma tatuagem definitiva, estas não doem nada porque, na verdade, são uma pintura de pele que tem uma duração máxima de duas semanas, caso não passe horas na piscina, pois o cloro fá-las desvanecerem-se muito mais rapidamente.

Puja e Hemali têm à disposição um enorme catálogo de desenhos que pode reproduzir mas nós deixámos ao critério da imaginação de Puja o desenho para o pé (uma das zonas tradicionalmente tatuadas nos casamentos indianos) e não nos arrependemos.

Embora o espaço A.D.O.R.E só tenha aberto em junho, já por lá passaram muitos estrangeiros, grupos de amigas e rapazes. Sim, rapazes. Porque as tatuagens com henna não se destinam só às mulheres. Os noivos indianos também as fazem. André Campilho foi até agora o mais arrojado e fez este desenho em todo o braço.

Tatuagem indiana feita pela A.D.O.R.E no braço de André Lima

Os preços das tatuagens variam consoante o tamanho: as minis (dedos, parte da mão, ou desenhos pequenos) custam 8,90 euros. As médias (uma mão completa, um pé, um desenho nas costas, no braço ou na barriga) custam 14,90€. A grandes — que incluem três zonas do corpo ou desenhos grandes e complexos — podem custar entre 24 e 29 euros. Mas depois há preços especiais para grupos e para eventos. Rupa, Hemali e Puja vão a casamentos não indianos e fazem o ritual nupcial oriental completo, desde a depilação com linha até às tatuagens.

Se vai casar em breve, pode ainda adotar o jogo indiano em que a noiva tatua com henna o nome do noivo. Esta tatuagem é feita numa zona muito, muito escondida do corpo e só quando ele a encontrar se dá inicio à noite de núpcias. Tentador, não?

Tatuagens temporariamente coladas

As flash tattoos a imitar joalharia são outra versão imperdível deste verão de tendências hippies e étnicas. Embora os padrões de ícones da cultura índia da América do Norte dominem quase todas as propostas apresentadas pelas marcas, há sempre a possibilidade de cada um fazer combinações criativas.

Tatuagens temporárias em forma de joalharia

As tatuagens temporárias da Brazilian Bikini Shop.

O mote destas tatuagens douradas, prateadas e ocre começou há dois anos quando a Dior decidiu oferecer a clientes selecionados uma flash tattoo em folha de ouro para ser usada no pulso ou no tornozelo. A dica foi adotada por Sarah Jessica Parker, Rihanna ou Beyoncé, que apareceram em público faiscantes com a sua novidade.

Das passadeiras vermelhas para a rua foi um passo e este ano as tatuagens temporárias dividiram o estrelato com os óculos de sol redondos e as fitas de flores no cabelo nos festivais de Coachella ou Glastonbury. Por cá, e em plena época de festivais, é só fazer a composição mais criativa sobre a pele bronzeada. Pode encontrá-las a preços bastante razoáveis na Primark, na Bershka, na Claire’s, na Brazilian Bikini Shop e na Sephora, da marca The Glam Tattoo Company.

Tatuagens douradas e prateadas de várias marcas disponíveis no mercado

Tatuagens douradas e prateadas de uma das marcas disponíveis no mercado, a Claire’s.