Saúde e Tecnologia continuam a ser as áreas da sociedade onde são criados mais postos de trabalho, de acordo com a análise do Manpower Group. Mas é na especialização que está o futuro do emprego: a Time analisou o mercado de trabalho e encontrou cinco empregos que vão ser necessários (e bem pagos) dentro de sete anos. Mas que agora poucos conhecem.

Técnico de Medicina Nuclear

Pode ser o próximo passo para quem é assistente executivo nas áreas ligadas à medicina ou é administrador clínico. Consiste em operar máquinas muito específicas ligadas às análises produzidas pelos profissionais de saúde na área da Medicina Nuclear. Isso inclui o scanner para tomografias computadorizadas, câmaras de raios gama, tomografias por emissão de positrões, entre outras tecnologias. A maior parte deles é utilizada por cirurgiões e físicos.

icones-emprego-chapeu

Exige formação superior na área das engenharias informáticas (mecânica, informática para a saúde, programação, entre outras). Não exige formação em qualquer área da saúde.

icones-emprego-cerebro

Exige concentração, atenção ao pormenor e facilidade em estabelecer relações interpessoais. E exige também coordenação com os profissionais de saúde e uma precisão absoluta.

icones-emprego-seta

De acordo com John Reed, diretor executivo da Robert Half Technology, os postos de trabalho na área da saúde e da tecnologia estão a evoluir muito. Em 2022, o crescimento do mercado de trabalho deste ramo pode subir 20%.

icones-emprego-dinheiro

Nos Estados Unidos, a média salarial ronda o equivalente a 100 mil euros anuais.

Reparador de Equipamento Médico

É mecânico ou reparador de computadores? Gosta dessa área? Este pode ser a sua grande oportunidade. Um reparador de equipamento médico é responsável pela manutenção e instalação do equipamento médico, que depois vai ser utilizado pelos médicos e técnicos.

icones-emprego-chapeu

A tecnologia médica é muito sensível, por isso é exigida formação especializada de instalação e reparação. Essas competências podem ser conseguidas através de um curso na área dos equipamentos biomédicos e nas engenharias desse ramo.

icones-emprego-cerebro

Capacidade de encontrar soluções rápidas para um problema, destreza e precisão, pensamento analítico e especialização são algumas das competências mais importantes para este tipo de empregos.

icones-emprego-seta

À semelhança das áreas técnicas, a área da saúde e das tecnologias com ela relacionadas estão em crescimento célere: o mercado pode aumentar em 30% dentro de sete anos.

icones-emprego-dinheiro

Nos Estados Unidos, um reparador de equipamento médico ganha uma média de 62 mil euros anuais.

Responsável por antecipar riscos na e da internet

Um cargo interessante para especialistas em informática e programadores de páginas Web. Se é daquelas pessoas que está constantemente atenta a falhas programáticas que possam comprometer a informação digital de uma entidade, ou dos que se preocupa com cibersegurança, eis uma grande área.

icones-emprego-chapeu

Para entrar neste tipo de empregos deve ter um certificado numa área da informática e receber formação no ramo da analítica digital. Para complementar o seu currículo e ter oportunidades de ascensão no posto, considere um programa de treino de avaliação de riscos.

icones-emprego-cerebro

Pensamento analítico, conhecimento elevado na área da segurança online e capacidade de resolução de problemas de modo rápido são três das competências mais procuradas para preencher estes postos.

icones-emprego-seta

A preocupação sobre a segurança da informação pessoal online tem estado na ordem do dia nos últimos tempos. São muitas as empresas que têm de lidar com clientes preocupados – desde individuais, a empresas. A área é tão recente que as estatísticas são poucas, mas a empresa de investigação Gartner acredita que dentro de dois anos, uma em cada três empresas vão querer um profissional nesta área.

icones-emprego-dinheiro

Para o chefe de uma equipa que trabalhe nesta área, o salário pode chegar a 215 mil euros/ano em média.

Professor de Saúde e Bem Estar

Pode ser o próximo trabalho para um nutricionista, um personal trainer ou um profissional da reabilitação. Estes educadores podem tornar-se conselheiros/especialistas requisitados por pessoas que queiram seguir um estilo de vida saudável e empresas que queiram criar serviços com o mesmo fim. Um especialista neste posto analisa cada situação em particular e cria soluções ajustadas a cada cliente.

icones-emprego-chapeu

Aqui sim, é imperativa uma formação superior no ramo da saúde: nutrição ou dietética são algumas hipóteses.

icones-emprego-cerebro

O canudo não basta: é preciso ser alguém de relações fáceis, que goste de relacionar-se com pessoas e com grande adaptabilidade a cada situação. Há que dominar bem as palavras, para criar motivação no cliente.

icones-emprego-seta

As empresas estão interessadas em investir na saúde dos funcionários porque isso permite poupar muito dinheiro nos seguros. Nos EUA, já há empresas a entregar prémios monetários aos empregados que mais cuidam da saúde e aos que nunca puseram baixas médicas. Além disso, deixa as pessoas mais motivadas. É um mercado que vai crescer 21% até 2022, diz a Time.

icones-emprego-dinheiro

Para um profissional desta área, o salário médio pode chegar aos 87 mil euros/anuais.

Psicólogo industrial e organizacional

De consultor de gestão para psicólogo não vai um passo demasiado grande. O objetivo é melhorar o desempenho dos trabalhadores e a satisfação dos funcionários. Tem que gerir programas de gestão e desenvolvimento e participar no processo de contratação.

icones-emprego-chapeu

A maior parte das pessoas que trabalham nesta área já realizaram um mestrado, com formação quer em gestão de empresas e relações humanas, quer no ramo da psicologia.

icones-emprego-cerebro

A capacidade de análise da estrutura de uma empresa é essencial neste trabalho. Também é importante a facilidade em estabelecer relações interpessoais, análise do comportamento alheio e capacidade de motivação.

icones-emprego-seta

Embora não seja uma área recente, apenas nos últimos tempos é que as empresas valorizaram o poder de um psicólogo e a sua capacidade de interferir numa melhor produção de uma empresa. Em 2022, este mercado vai crescer 53%, diz a revista.

icones-emprego-dinheiro

Nos Estados Unidos, este emprego garante um salário anual de 113 mil euros.

Texto editado por Filomena Martins