Depois da fotografia do menino sírio Aylan Kurdi, de 3 anos, sem vida à beira-mar numa praia turca ter chocado o mundo, agora foi publicado um vídeo que pode ter o mesmo efeito. Mas este tem um final feliz.

Falamos no momento em que um pescador turco encontrou, no meio do Mar Egeu, uma criança síria de 18 meses de idade, a boiar, vestindo um colete salva-vidas, ao lado de duas outras pessoas. 

A criança estava, contra todas as expectativas, viva. E ao perceberem que respirava, os elementos que estavam a bordo do barco do pescador entraram num estado quase eufórico: “Irmão, ele está vivo, ele está vivo!” Um homem que filmava a cena também gritava: “Meu Deus ele está vivo!”

Segundo conta o Telegraph, o rapaz chamado Mohammed, pertencia a um grupo de refugiados que tentava chegar à ilha grega de Samos. Mas o barco virou e deixou os seus tripulantes à deriva nas águas geladas durante cinco horas.

É por isso impressionante o fato de Mohammed ter sobrevivido. A intervenção do pescador turco pode ter sido decisiva: nas imagens é possível vê-lo a tentar esvaziar os pulmões da criança que estavam cheios de água envolvendo-o, em seguida, num cobertor seco.

Mas o milagre foi duplo. A mãe do rapaz também sobreviveu milagrosamente, tendo ambos sido transportados para a cidade turca de Kusadasi. Mohammed , onde o bebé está em tratamento num hospital encontrando-se fora de perigo e a recuperar rapidamente.

Veja o vídeo deste momento emocionante e chocante (as imagens podem ferir algumas suscetibilidades):

https://www.youtube.com/watch?v=6K1AKa0CxJ4