O treinador do Sporting afirmou hoje que a derrota com o Skenderbeu “já passou” e reforçou que a conquista da I Liga de futebol “é o objetivo principal” dos ‘leões’, cujo desempenho tem superado as expetativas do técnico.

Jorge Jesus, que fazia a antevisão da deslocação a Arouca, da 10.ª jornada, considerou que o Sporting teve “uma noite má” na quinta-feira, na Albânia (3-0), para a Liga Europa, mas frisou que o “grande foco” dos ‘verde e brancos’ é o campeonato nacional.

“Esse jogo já passou. Amanhã (domingo), o jogo (com o Arouca) faz parte do objetivo principal. O Sporting é primeiro classificado e esse é o nosso foco. No início da época, propusemo-nos a fazer do Sporting um candidato assumido. Neste momento, o Sporting está acima das expetativas. Até das minhas próprias expetativas”, referiu, em conferência de imprensa.

De resto, o técnico foi perentório: “Nunca pensei que, à nona jornada, o Sporting estivesse na liderança do campeonato e já tivesse ganho um título (Supertaça)”.

Por outro lado, Jorge Jesus antecipou um confronto “competitivo e muito duro” frente ao Arouca, lembrando que o adversário só perdeu um encontro no campeonato, diante do FC Porto.

“O Arouca vem de cinco jogos sem perder e é uma das equipas com menos golos sofridos na I Liga. Vai ser um jogo muito competitivo e muito duro. O Sporting terá de estar no máximo das suas capacidades para poder vencer. Queremos continuar a defender a primeira posição do nosso grande objetivo, que é o campeonato”, afirmou.

O técnico revelou que William Carvalho e Bryan Ruiz estão recuperados dos problemas físicos que os afastaram da partida com o Skenkerdeu, ao contrário do central Ewerton, que vai falhar a deslocação a Arouca, depois da lesão contraída frente aos albaneses.

Tal como tinha prometido na quinta-feira, Jorge Jesus aproveitou a conferência de imprensa de hoje para explicar o diálogo que manteve com o quarto árbitro do encontro com o Estoril-Praia e mostrou-se “tranquilo” quanto a uma eventual investigação por parte do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol.

“Estou tranquilo. O que se passou foi uma conversa entre mim e o quarto árbitro. Disse-lhe que já conhecia o passado, porque aquele árbitro (Jorge Ferreira) já me tinha expulsado, em Moreira de Cónegos (na época passada, enquanto treinava o Benfica). O resto é pura invenção”, adiantou.

Sporting, líder, com 23 pontos, e Arouca, nono classificado, com 12, jogam domingo, a partir das 20:30, no Estádio Municipal de Arouca, numa partida que será dirigida pelo árbitro Cosme Machado, de Braga.