A Nike e LeBron James assinaram um contrato vitalício. A notícia está em todo o lado, é o assunto das últimas horas. É a primeira vez que a Nike faz algo do género, nem Michael Jordan, o rei eterno da NBA, teve direito a tal distinção. Os valores são ainda mistério, mas já há declarações…

“Eu sou muito humilde”, desabafou James, segunda-feira, depois de mais um treino com os Cleveland Cavaliers. “Têm sido tempos inacreditáveis para mim e para a minha família, e eu estou agradecido pela Nike e Phil Knight, e a toda a gente lá [na Nike] por terem acreditado num miúdo magrinho de 18 anos, de Akron, Ohio. (…) Estou muito feliz por fazer parte desta grande empresa”, pode ler-se na Time.

A Nike também reagiu, com uma nota enviada à AP: “Podemos confirmar que chegámos a acordo para um contrato vitalício com LeBron, que trará valor significativo ao nosso negócio, marca e acionistas. (…) Construímos um negócio forte com LeBron nos últimos 12 anos, e vemos potencial para continuar a crescer ao longo da sua carreira e depois dela.”

A Bloomberg falou com o agente de Michael Jordan, David Falk, e este considera que este negócio histórico representará entre 400 e 500 milhões de dólares, que é como quem diz 368 e 460 milhões de euros. Apesar de não ter sido vitalício, a Forbes coloca este acordo ao nível do de Michael Jordan. É que o ex-jogador é o CEO da Jordan Brand, a sua marca de ténis e equipamento desportivo associados à Nike. Os Air Jordan, os mais famosos ténis com o logótipo de um afundanço de Jordan, regista quase 2.4 mil milhões de euros em vendas por ano. A Nike já colocou à venda 13 modelos de ténis com a assinatura de LeBron James.

A ligação do jogador dos Cavaliers com a Nike começou em 2003, quando assinou um contrato de sete anos por quase 83 milhões de euros. Em 2010 celebrou-se a renovação do contrato por sete anos. Lebron Raymone James fará 31 anos no dia 30 de dezembro, por isso ainda terá, quem sabe, meia década pela frente para continuar a espalhar magia. Ou então é imaginá-lo velhinho a fazer estes anúncios:

https://www.youtube.com/watch?v=MX9qu69-NiM

LeBron ainda dá corda aos sapatinhos para ficar na história como Michael Jordan e Kobe Bryant, mas já conseguiu algo que os outros não conseguiram. Okay, sejamos justos, os números e palmarés deste rapaz com 2.03m e qualquer coisa como 113 quilos não está nada mal: 25.410 pontos desde 2003, duas vezes campeão da NBA (2012, 2013), duas medalhas de ouro olímpicas (2008, 2012), quatro vezes o jogador mais valioso (2009, 2010, 2012, 2013), 11 vezes no All-Star.