A Goldenergy, Galp e Energia Simples venceram o terceiro leilão de energia da DECO que assegura descontos nas faturas da eletricidade, gás natural e oferta dual para consumidores domésticos e que, pela primeira vez, também para condomínios.

Segundo a associação de defesa do consumidor, a poupança anual na eletricidade pode chegar aos 167 euros, na tarifa simples, e aos 146 euros, na bi-horária. No gás natural, os consumidores podem poupar mais de 100 euros por ano. Na oferta dual, que inclui gás e eletricidade, a redução na fatura pode atingir os 95 euros anuais, nos perfis de consumo habituais.

A Goldenergy apresentou as melhores ofertas a nível nacional para as tarifas de eletricidade simples e bi-horária, que vão permitir uma poupança média anual de 42 e oito euros, respetivamente. Estas poupanças são calculadas em relação à tarifa transitória definida pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos.

O desconto mais expressivo será na tarifa simples que pode oscilar entre um mínimo de 20 euros e os 98 euros por ano. A Goldenergy apresentou também a melhor proposta para quem prefere manter um único fornecedor e fatura única de gás e eletricidade. A poupança será sempre superior a 60 euros anuais face ao que seria possível obter com a combinação de energias nas tarifas transitórias.

Os clientes com potência de eletricidade contratada entre os 3,45 kVA e 6,9 kVA e o primeiro e o segundo escalão de consumo de gás natural, que são os mais habituais em Portugal, podem contar com uma redução entre 81 e 95 euros, na tarifa elétrica simples, e de cerca de 70 euros, na bi-horária.

Segundo um comunicado da comercializadora detida pela Dourogás, a oferta feita pela Goldenergy venceu em 98% dos tarifários que foram a concurso, e que lhe dá acesso a quase meio milhão de clientes, que representa quase 10% do número total de clientes de eletricidade.

Quem se inscreve no leilão terá de ainda de confirmar se pretende fechar o contrato, depois de conhecer de forma mais personalizada as condições e descontos para o seu caso. A DECO começará a contactar os participantes a partir de 23 de maio.

A Energia Simples, uma empresa do Porto, ofereceu também uma proposta escolhida para os distritos de Aveiro, Braga, Bragança, Coimbra, Porto, Viana do Castelo e Vila Real onde a na conta da luz pode chegar aos 167 euros anuais. Contudo, é nas potências contratadas superiores a 3,45 kVA que a poupança é maior: em média, cerca de 42 euros, na tarifa simples, e 39 euros na bi-horária.

Nos condomínios os descontos face à tarifa transitória variam entre os 64 euros e 82 euros na tarifa simples, e entre os 13 euros e os 81 euros na tarifa bi-horária.

A Galp venceu o leilão para ofertas apenas de gás natural, com uma economia que varia entre 50 e os 362 euros anuais. Segundo a DECO, esta oferta ainda assegura redução entre 14% e 25% face à descida da tarifa anunciada para 1 de maio.

Além das poupanças anunciadas, a DECO assegura que os contratos a celebrar não incluirão cláusulas abusivas.