“Para tudo! Tire o dedo da cara dessa mulher, palerm…”. O vocalista dos Pearl Jam, Eddie Vedder, interrompeu esta semana um concerto em Chicago quando notou que alguém estava a ameaçar ser violento com uma mulher. O homem, que estava na plateia, foi imediatamente expulso sob um coro de vaias e a atitude do músico foi aplaudida.

O momento aconteceu num concerto no Wrigley Field de Chicago, nos EUA. Veja o vídeo que mostra o momento em que Eddie Vedder manda os outros músicos parar de tocar e dirige-se diretamente ao homem que estaria a desentender-se com outra pessoa que estava na plateia, uma mulher.

Hey, hey! Senhor! Tire o seu dedo da cara dessa mulher, motherf…“. A plateia rapidamente concentrou as atenções no homem para o qual Eddie Vedder estava a apontar. “Sim, todos os dedos estão apontados para si. Vá lá, desapareça daqui, senhor”.

Enquanto o homem era retirado do concerto, o músico perguntou à mulher em causa se estava bem. “A senhora está bem? Sim?”, questionou Eddie Vedder. O músico dirigiu-se, também, a um acompanhante que estava com a mulher em causa: “Aí está um bom homem, a tomar conta da sua mulher, mas ela também estava a tomar conta dela muito bem”.

Segundos depois, “1, 2, 3, 4“, a música voltou a ouvir-se e a plateia (menos um) voltou a dançar.