Os casinos de Macau fecharam agosto com receitas de 18.836 milhões de patacas (2.113 milhões de euros), um aumento de 1,1% face ao período homólogo do ano passado, a primeira subida desde junho de 2014.

Segundo os dados publicados pela Direção de Inspeção e Coordenação de Jogos (DICJ), em termos acumulados, os casinos registaram, nos primeiros oito meses do ano, receitas de 144.396 milhões de patacas (16.202 milhões de euros), menos 9,1%.

As receitas do jogo — principal motor da economia de Macau — iniciaram em junho de 2014 uma curva descendente, pelo que o mês de agosto marca o fim de 26 meses consecutivos de quedas anuais homólogas.