440kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Os melhores momentos da "Festa de Despedida de Labyad"

Este artigo tem mais de 5 anos

Quando o Sporting rescindiu contrato com o futebolista Labyad, os internautas organizaram-lhe uma festa de despedida em pleno Facebook. Já lá vão cinco dias e as piadas ainda não pararam.

45 fotos

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Assim que o futebolista Zakaria Labyad rescindiu o contrato que mantinha com o Sporting há quatro anos, os internautas do Facebook decidiram organizar uma festa de despedida para o médio-ofensivo. Toda a gente foi convidada: o São Sebastião garantiu que era desta que aparecia e o Fernando Pessoa levou os amigos todos. Só mesmo Ned Stark, personagem de “A Guerra dos Tronos”, é que não apareceu porque não estava com cabeça.

Coloquemos os pontos nos is. Perante a confirmação da saída de Labyad, a página “Um azar do Kralj” — dedicada aos “cepos e desilusões do futebol português” — decidiu brincar com a situação. Organizou então um evento fictício onde convidou meio mundo para marcar presença na discoteca Main na noite de sábado para domingo. De repente, o evento “Festa de Despedida do Labyad” tornou-se num verdadeiro epicentro de humor (além de 52 mil pessoas terem confirmado a sua presença). A ideia era “rirmos uns dos outros e rirmos com os outros”, como escreveu um dos participantes na página do evento. O fenómeno teve um sucesso tão grande que um dos facebookianos acredita que, daqui a uns anos, todos os jovens que acederam ao evento iriam falar sobre ele aos filhos. “E provavelmente nessa altura o Sporting ainda não ganhou nenhum título”, ironiza. Na verdade, um outro participante diz que nenhum jogador leonino foi visto na festa porque “eles não estão habituados a celebrações”.

Mas a “Festa de Despedida de Labyad” não era só feita de picardias entre clubes. Serviu também para recordar como Portugal se tornou campeão europeu de futebol: houve quem pedisse encarecidamente à organização que não pusesse Rui Patrício à entrada, “senão não entra ninguém”. Até o penteado que Ricardo Quaresma utilizou no último jogo veio de novo à tona: garantem alguns dos utilizadores do Facebook que o “Harry Potter” da seleção portuguesa não foi porque “não valia a pena”.

Futebol à parte, muitos outros assuntos foram abordados sempre com humor: falou-se de religião, de desaparecimentos, de pornografia, de fama e de política. E também se fizeram piadas com desgraças, como terrorismo, crime ou desaparecimentos . Veja as melhores na fotogaleria e muitas outras aqui ou aqui.

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.