Um muro vai começar a ser construído em torno da “Selva” de Calais, em França. Esta construção é uma tentativa de impedir que os refugiados e migrantes que vivem no campo tentem fugir em direção ao porto, a pouco mais de um quilómetro.

O ministro britânico da Imigração, Robert Goodwill, disse esta terça-feira que o muro de quatro metros de altura estava a ser financiado pelo Reino Unido e por França, fazendo parte de um pacote no valor 20 milhões de euros que pretende reforçar a segurança da zona do porto.

A construção deste muro de cimento (que se vai estender por um quilómetro) vai custar 2,2 milhões de euros. Esta construção deverá estar terminada até final do ano e terá flores e plantas do lado de fora, para o impacto visual na área não ser tão grande, explica o The Guardian.

François Guennoc, do grupo de apoio Auberge des Migrants, considera que este muro só fará com que “as pessoas tentem ainda mais passá-lo. Quando se põe paredes em qualquer parte do mundo, as pessoas encontram formas de as contornar”.

A “Selva” de Calais já teve mais de 9.000 migrantes, muitos deles procuram chegar ao Reino Unido.