A tradição de trocar prendas no Natal remonta à história do nascimento do menino Jesus em Jerusalém e das prendas que lhe foram oferecidas pelos três reis magos: ouro, incenso e mirra. Ouro é muito comum e conhecido por todos, já os outros dois, nem tanto. Afinal, quais são as utilidades de incenso e mirra e onde se podem encontrar? A BBC conta que estas duas plantas podem ser encontradas no Quénia, Iémen, Somália, e ainda em algumas partes da Etiópia, e possuem diversas utilidades, até medicinais: podem ser usadas como repelente de insetos e serpentes e também para aliviar dores no corpo.

“Cobrimos as nossas casas com estes produtos [incenso e mirra] para afastar serpentes e insetos. Também os utilizamos quando alguém está doente. Por exemplo, quando se tem dores ou quando alguém parte um braço colocamos mirra na zona afetada”, revela Hareth Hassan, proprietário de várias plantações de incenso e mirra no Quénia, à BBC.

O incenso e a mirra são vendidos com frequência nos mercados do Quénia. Na sua capital, Nairobi, está situada uma das (poucas) fábricas que existem para tratar as plantas, para mais tarde serem vendidas ao público. Sadqa Haq, farmacêutica e proprietária da fábrica, conta que a ideia de criar esta empresa deu-se há cerca de 19 anos. “O meu pai levou para casa incenso em 1997 e foi aí que surgiu a ideia de criar uma fábrica”, afirma Haq.

Apesar destas plantas serem provenientes de sítios específicos – Quénia, Somália, Etiópia e Iémen -, Sadqa Haq conta que a exportação das mesmas é feita para diversos sítios, como os Estados Unidos, Europa, Japão e Austrália.

Ainda de acordo com as declarações da farmacêutica à BBC, a maioria dos seus clientes utiliza estes produtos para tratar várias doenças e as suas propriedades medicinais estão até a ser investigadas mais pormenorizadamente nos EUA.