291kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica. Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Poupe na sua eletricidade com o MEO Energia. Simule aqui.

Líder do PSD/Lisboa em "profundo desagrado" com método de escolha de Passos em Lisboa

Este artigo tem mais de 4 anos

Mauro Xavier manifestou "profundo desagrado" pela "metodologia" seguida por Passos na escolha do candidato à câmara de Lisboa. Critica o "não envolvimento" da concelhia de Lisboa no processo.

i

André Kosters/LUSA

André Kosters/LUSA

O líder da concelhia do PSD em Lisboa, Mauro Xavier, manifestou esta quinta-feira o seu “profundo desagrado” com a “metodologia escolhida” pelo presidente do PSD, Passos Coelho, na escolha do candidato à Câmara Municipal de Lisboa nas próximas autárquicas. O nome de Teresa Leal Coelho tem ganho força nos últimos dias e foi avançado no sábado pelo Público (“possibilidade forte”) e reiterada esta quinta-feira pela SIC (“deverá ser”). A pressão pública levou Passos Coelho a dizer que fez uma “boa escolha”, sem confirmar o nome da sua vice-presidente. Mauro Xavier reagiu, através do Facebook, criticando “o não envolvimento da concelhia no processo.”

Mauro Xavier insiste que não sabe “quem é o candidato” e limita-se a “desejar os maiores sucessos políticos”. O líder concelhio diz que o PSD tem “um programa inovador para a cidade preparado pela o grupo de trabalho liderado pelo José Eduardo Martins e presidentes de Junta com um trabalho ímpar”.

O presidente do PSD/Lisboa diz que é tempo do PSD “estar unido em torno da sua candidatura” e que, do que dependerá dele “o dia das eleições, Passos Coelho estará com o seu candidato na varanda da praça de município.

Esta sexta-feira há plenário de militantes sobre o assunto. No fim-de-semana, como adiantou Passos Coelho, a distrital deverá aprovar o nome do candidato. Na terça-feira, 21, o nome será aprovado na Comissão Política Nacional e no dia 23 será ratificado — tal como os restantes candidatos autárquicos — em Conselho Nacional do PSD.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Recomendamos

A página está a demorar muito tempo.