Aliança Renault-Nissan

Carlos Ghosn prepara sucessão. Solução será interna

Está em curso a sucessão na liderança da Aliança Renault-Nissan. Carlos Ghosn lidera o processo de eleição de um braço-direito que, a seu tempo, assumirá a presidência do consórcio franco-nipónico.

IAN LANGSDON/EPA

Autor
  • António Sousa Pereira

É o próprio Carlos Ghosn quem estará a encabeçar o processo de escolha de um novo operacional destinado a ser o seu braço-direito na liderança da Aliança Renault-Nissan. Segundo avança a agência Reuters, com base em fontes internas da própria empresa, a iniciativa terá ainda como objectivo definir quem lhe sucederá na definição dos destinos do consórcio franco-nipónico, bem como incrementar a integração das duas marcas.

Ao que parece, o plano passa por fundir num único cargo os dois CCO (chief competitive officer) actualmente existentes – um para a Renault, outro para Nissan. Ghosn terá como meta que o nome esteja escolhido até final do presente ano, e que a sua nomeação seja acompanhada de outras medidas destinadas a aproximar ainda mais a actividade dos dois construtores em áreas basilares, como a produção e a pesquisa e desenvolvimento.

Também poucas dúvidas restarão de que é sua preferência que o nome do futuro CCO das duas marcas seja encontrado internamente, até para que partilhe das mesmas sensibilidades culturais e políticas que fizeram da parceria franco-nipónica um sucesso. De momento, os mais fortes candidatos ao lugar parecem ser o espanhol José Muñoz, chief performance officer da Nissan, e o seu congénere da Renault, o alemão Stefan Mueller; bem como Yasuhiro Yamauchi, CCO da Nissan. Ainda assim, os dois primeiros poderão desfrutar de alguma vantagem por não serem de origem francesa nem nipónica.

Recorde-se que Carlos Ghosn, de 63 anos, abandonou recentemente o cargo de CEO da Nissan, mas mantendo tal posição na Renault, já que o respectivo contrato só termina em 2018. É ainda presidente das duas marcas, assim como da Mitsubishi, hoje propriedade da Nissan, e tudo indica ser sua pretensão ser nomeado para presidente da aliança por mais um mandato.

Prémios Auto 2017 Observador - A escolha dos portugueses

Chegou ao fim a primeira edição dos Prémios Auto Observador. Obrigado pela massiva participação e pelos mais de 40.000 votos recolhidos. Entre 65 modelos a votação, envolvendo um total de 34 marcas, confira aqui os resultados finais.

Chegou ao fim a primeira edição dos Prémios Auto ObservadorVer resultados
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

E tenha acesso a

  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site