O Instagram de Britney Spears foi “invadido” por hackers russos. O malware estava escondido em forma de comentário na fotografia da celebridade e consistia numa extensão para o navegador Firefox.

O comentário funcionava como um endereço web, mas facilmente podia passar despercebido pela maneira como estava escrito em forma de elogio, como se pode ler abaixo abaixo. A foto foi entretanto apagada do Instagram da artista.

#2hot make loved to her, uupss #Hot #X“, lê-se no comentário.

O processo era simples: os hackers, com a ajuda de um software, selecionavam um comentário específico através de um cálculo inteligente de criptografia, que continha o link. Desta forma dissimulada, pretendiam invadir um dispositivo como uma extensão de segurança do Firefox. Se o utilizador acedesse a essa ligação teria o vírus a controlar o seu computador.

Foi a empresa de antivírus ESET Security que deu conta deste vírus camuflado. O ataque terá vindo de um grupo russo – os Turla. Os Turla são conhecidos por serem um grupo especialista em ciberespionagem – o mesmo grupo que usou satélites para garantir o anonimato online. A companhia de segurança ESET diz que têm como alvo governos, profissionais de governo e diplomatas.