A Porsche não estaria a fazer bluff quando anunciou que o seu primeiro modelo elétrico estaria já apto a fazer uso de uma infraestrutura de carregamento super rápido, desenvolvida em conjunto com a portuguesa Efacec. E a cerca de dois anos do lançamento da versão de produção do Mission E, inaugurou já, nas suas novas instalações em Berlim, os seus dois primeiros postos de carregamento a 350 kW.

Anunciadas como um dos mais modernos centros Porsche do mundo, estas novas instalações contam, até, com uma torre solar com 25 metros de altura, composta por painéis fotovoltaicos e, como é óbvio, destinada a gerar energia eléctrica. Parte dessa energia será fornecida aos seus veículos através da nova estação de carregamento, onde, além dos dois novos pontos de 350 kW a 800 Volt, existem mais dois, mais comuns, de nível 2.

A Porsche faz também saber que os EUA serão o próximo destino na instalação de mais dois postos de carregamento de alta tensão, a 350 kW. Quanto a Portugal, ao que o Observador conseguiu apurar, ainda está a ser definida a estratégia de implementação dessa infraestrutura de carregamento super rápido.