Apareceu há poucos dias no eBay e pode ser considerada um achado: uma Dodge Ram 350, que esteve ao serviço dos espiões do FBI nos anos 80 e 90 e que ainda está equipada com toda a tecnologia. De há quase 30 anos, é claro. Depois, porque apesar de já ter alguma idade, está em perfeito estado de conservação e a sua mecânica percorreu apenas qualquer coisa como 37.600 km, o que nos leva a pensar que os espiões na altura trabalhavam pouco ou optavam por fazê-lo muito perto do escritório.

Depois de se ter desfeito desta verdadeira arma de espionagem, o FBI viu agora a carrinha surgir no eBay, onde foi proposta por um particular, da Carolina do Norte, por apenas 11.000 dólares. Uma pechincha, se considerarmos que o futuro proprietário poderia, assim, passar a conhecer todos os podres das gentes lá do bairro. Sucede que, após 47 ofertas, a carrinha acabou por ser vendida quase pelo dobro: 18.700 dólares.

Muito discreta, como convém a um veículo concebido para espreitar o que os outros querem esconder, a Dodge está equipada com um porta-bagagens no tejadilho, já com um kit de tubos em PVC só para disfarçar, pois este acessório é habitual nos veículos das empresas que se dedicam à carpintaria e à serralharia mecânica.

Se por fora esta Ram de 1989 é o mais normal possível, já o mesmo não acontece quando se entra a bordo. De vários ecrãs de LDC, gravador associado a microfones direccionais, controlados a partir do interior, amplificadores para conseguir gravar até os suspiros mais abafados, um scanner de rádios, um intercomunicador e, claro está, um espectacular radar. Para saber o que é possível saber o que fazer com este último item, o melhor mesmo é ligar para o FBI.

No capítulo das habilidades, a Dodge Ram está ainda equipada com baterias estacionárias de grandes dimensões, um tanque de gás – porque até os espiões têm fome –, e uma sanita e lavatório, pois 007 que se preze não interrompe o seu trabalho só porque necessita de ir à casa de banho.