Depois de Jean-Claude Juncker já ter falado sobre as retaliações que os EUA poderiam vir a sofrer devido às taxas especiais que Donald Trump anunciou querer aplicar ao aço e alumínio importados, a comissária europeia para o Comércio anunciou esta quarta-feira, em conferência de imprensa, novas taxas sobre as importações de manteiga de amendoim, sumo de laranja e bourbon.

Europa ameaça retaliar contra Harley-Davidson, Levi’s e whiskey americano por causa de taxas de Trump

Cecilia Malmstrom disse que uma lista provisória de bens está a ser debatida e será tornada pública em breve. “Na lista constam produtos de aço, industriais e agrícolas”, salientou, especificando que “alguns tipos de bourbon farão parte dela, bem como outros artigos como a manteiga de amendoim, os arandos e o sumo de laranja”.

Para Bruxelas, as razões invocadas pelo presidente norte-americano, no final da semana passada, para impor taxas alfandegárias até 25% sobre as importações de aço e de 10% sobre o alumínio não se prendem com razões de segurança nacional, mas sim económicas.

“Temos sérias dúvidas sobre esta justificação”, acrescentou Malmstrom, salientando que não percebe como a União Europeia “amiga e aliada na NATO, pode ser uma ameaça para a segurança” dos EUA.

Guerra comercial? De que é que Trump está a falar?