Vimos e Gostámos

Jenners e unicórnios: a moda das criaturas encantadas

Na semana em que a coleção Kendall + Kylie chega à Forever 21, os unicórnios tomam de assalto o estojo de maquilhagem. A arte urbana deixou os murais, agora também dá cor a lenços e a óculos.

Da esquerda para a direita, no sentido dos ponteiros do relógio: óculos Skog, lenço Vanessa Teodoro x Antiflop, coleção Kendall + Kylie para a Forever 21, coleção Life's a Festival da Too Faced, sandálias Melissa / Awaytomars e almofada Omedelbar da Ikea.

Life’s a Festival, os unicórnios da Too Faced

Os unicórnios estão na moda e aqui não há novidade nenhuma. Levar a tendência para o mundo da maquilhagem é que sempre nos pareceu mais improvável, mas nada que a Too Faced, com uma longa tradição em criar objetos dignos de colecionador, não consiga fazer. E cá está ela. A coleção Life’s a Festival tem as cores do arco-íris e cheira bem, como aliás quase todos os produtos da marca. A linha chegou bastante completa, com uma paleta de sombras altamente instagramável, dois iluminadores, um em pó e o outro em stick, um pó bronzeador, batons, glosses com efeito holográfico (outra tendência do momento), um spray fixador e um pincel que, escusado será dizer, vai ter pena de usar. A coleção chega às lojas Sephora ainda em abril e os preços vão dos 23,95€ aos 44,95€.

Kendall + Kylie na Forever 21

As colaborações entre celebridades e cadeias de pronto-a-vestir não são assim tão raras, o problema é que raramente chegam a este cantinho da Europa. Felizmente, não é o caso da coleção desenhada pelas irmãs para a loja norte-americana Forever 21. Kendall + Kylie, a marca de roupa de Kendall e Kylie Jenner precisamente, é um lançamento da semana, quiçá do mês, (da estação?), pelo menos para aquela clientela adolescente que vê nas duas socialites modelos de estilo irrepreensíveis. Pelas imagens já reveladas, as peças seguem a linha do sport e streetwear glamoroso, essenciais para conseguir aquele look “eu apanhada desprevenida por paparazzi enquanto faço a minha vida absolutamente normal”. A coleção chega à loja do colombo já nesta quinta-feira, dia 12 de abril, e o momento parece reunir todas as condições para a subida dos níveis de histeria. Os preços vão dos 9,95€ aos 59,95€, bem mais em conta do que ir às compras à loja das Jenner.

Melissa / Awaytomars

O plástico era só plástico até a Melissa ter começado a usá-lo para fazer sapatos desenhados por nomes da moda como Vivienne Westwood e Jason Wu. Agora, chegou a vez de pôr a matéria-prima, não de um único criativo, mas de uma plataforma onde o design depende de muitas mãos espalhadas pelo mundo. A marca Awaytomars assina a última colaboração da marca brasileira e retirou do calçado de verão qualquer distinção de género. A coleção é composta por três modelos — uns chinelos de tira (tipo piscina), umas sandálias de plataforma e uns chinelos fechados (tipo soca). O certo é que é bem mais fácil imaginar os dois primeiros a caminhar por aí, o terceiro nem tanto, fica para os sentidos de styling mais apurados. Os preços são 97€ e 120€.

Vanessa Teodoro x Antiflop

Depois da Coach, da Louis Vuitton e da Ikea, Vanessa Teodoro chegou a vias de facto com uma marca portuguesa. A Antiflop nasceu com este mesmo propósito, o de levar obras de arte do seu suporte tradicional, a tela, para lenços de seda e caxemira, transformando-as em acessórios de moda. Pela primeira vez, fê-lo com street art. A artista e ilustradora desenhou dois padrões — que fazem jus à linguagem pop que foi desenvolvendo ao longo de dez anos de carreira –, agora aplicados a lenços com duas dimensões diferentes. Os mais pequenos (68×68) custam 88€, os maiores (88×88) são 115€.

Omedelbar, a coleção de Bea Åkerlund para a Ikea

Almofadas que são lábios vermelhos, jarras que são cartolas, um dossel que é também um vestido — originalidade é coisa que não falta a Bea Åkerlund, a stylist sueca que já trabalhou com ícones da música como Beyoncé, Lady Gaga, Britney Spears e Rihanna. Pelos vistos, faz também uma perninha na decoração e o resultado está à vista: a coleção mais fora que a Ikea alguma vez teve. No meio de riscas pretas e brancas, Åkerlund improvisou peças de decoração figurativas e de proporções exageradas (como o relógio de bolso aumentado), um tapete de leopardo e abajures com franjas, sob um styling que tem tanto de gótico como de kitsch. Tudo isto, claro, sem fugir ao egocentrismo digno de uma popstar. A letra B está por todo o lado, além de ser a própria quem protagoniza a campanha. Os preços começam em 1,25€ e vão até 229€.

Skog x Lata 65

No campeonato dos óculos especiais, vai ser difícil bater estes. A Skog ainda não os tem prontos, mas há uma trupe de artistas que se vai encarregar disso durante o verão. A marca portuguesa juntou-se à Lata 65, um projeto de workshops de arte urbana para maiores de 65 anos. Nos próximos meses, vai aproveitar esses mesmos workshops para produzir óculos únicos, pintados pelos participantes. O que vemos agora é só uma amostra, mas quem se quiser antecipar na compra está à vontade. Os óculos estão na plataforma de crowdfunding Kickstarter. As contribuições começam nos 50€.

“Vimos e Gostámos” é uma rubrica que pretende mostrar os novos lançamentos que vale a pena conhecer.

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mgoncalves@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)