Literatura

Escritora francesa Fred Vargas distinguida com Prémio Princesa das Astúrias das Letras

Fred Vargas foi distinguida com o galardão espanhol de letras pela originalidade dos seus enredos, a profunda carga cultural e enorme imaginação, "que abre ao leitor horizontes literários inéditos".

Fred Vargas já editou duas dezenas de romances policiais. O último saiu em 2017

ALBERTO MORANTE/EPA

A escritora francesa Fred Vargas foi distinguida esta quinta-feira, em Oviedo, Espanha, com o Prémio Princesa das Astúrias das Letras por “entender a sociedade como um misterioso e complexo sistema”. Na decisão, o júri do concurso destacou na obra narrativa de Vargas (pseudónimo de Frédérique Audoin-Rouzeau) a originalidade do enredo, a profunda carga cultural e a sua enorme imaginação, “que abre ao leitor horizontes literários inéditos”.

“A sua escrita combina a intriga, a ação e a reflexão num ritmo que recorda a musicalidade característica da boa prosa em francês”, considerou o júri, acrescentando que em cada uma das suas novelas “a História aparece como metáfora de um presente desconcertante”.

Fred Vargas nasceu na capital francesa a 7 de junho de 1957 e é conhecida pelos seus livros policiais, sendo filha do escritor surrealista Philippe Audoin e tendo uma irmã gémea pintora, Jo Vargas, e um irmão historiador, Stéphane Audoin-Rouzeau. Arqueóloga de formação, especializada em arqueozoologia — ciência que estuda os restos faunísticos encontrados em sítios arqueológicos –, trabalhou no conhecido Instituto Pasteur e publicou vários ensaios científicos com o seu nome.

Sob o pseudónimo Fred Vargas já editou duas dezenas de romances policiais com o seu pseudónimo, 12 deles centrados no comissário Adamsberg. O último chama-se Quando sai a prisioneira (2017).

Os Prémios Princesa das Astúrias distinguem o “trabalho científico, técnico, cultural, social e humanitário”, realizado por pessoas ou instituições a nível internacional. O das Letras foi concedido, em anos anteriores, a personalidades como Mario Vargas Llosa e Rafael Lapesa (1986), Gunter Grass (1999), Amin Maalouf (2010), Leonard Cohen (2011), Richard Ford (2016) ou Adam Zagajewski (2017), entre outros.

Este é o quinto galardão que a fundação espanhola anunciou este ano, depois já ter concedido à organização Amref o prémio da Cooperação Internacional, à jornalista mexicana Alma Estela o prémio da Comunicação, ao cineasta norte-americano Martin Scorsese o prémio das Artes e aos alpinistas Reinhold Messner (Itália) e Krzysztof Wielicki (Polónia) o prémio dos Desportos.

Cada premiado recebe uma reprodução de uma escultura do pintor e escultor espanhol Joan Miró, que representa o prémio, 50 mil euros, um diploma e uma insígnia entregues numa cerimónia solene presidida pelo rei de Espanha, Felipe VI. Esta terá lugar em outubro no teatro Campoamor, em Oviedo.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Livros

Livros para o Natal (II) /premium

João Carlos Espada

Cinco sugestões de livros de autores nacionais para o Natal — mas não para a ‘época festiva’ ou para as ‘férias da estação’, como mandam as actuais directivas politicamente correctas.

Livros

Livros para o Natal (II) /premium

João Carlos Espada

Cinco sugestões de livros de autores nacionais para o Natal — mas não para a ‘época festiva’ ou para as ‘férias da estação’, como mandam as actuais directivas politicamente correctas.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)