Sporting

Eduardo Barroso confirma convite para Comissão de Gestão. “É uma provocação miserável”

507

Eduardo Barroso confirma o convite para integrar a Comissão de Gestão do Sporting. O médico explica por que recusou e deixa duras críticas a Marta Soares. "É o tipo de pessoa que não serve para nada".

ESTELA SILVA/LUSA

Eduardo Barroso confirma que foi convidado para integrar a Comissão de Gestão do Sporting, tal como o Observador já tinha noticiado ontem, na sequência da suspensão preventiva aplicada à direção de Bruno de Carvalho.

“Recebi um telefonema, não posso dizer de quem, mas era mandatado para esse efeito, para me convidar para a Comissão de Gestão. Estava no carro, com a chamada em voz alta, e a minha mulher, ao lado, até se indignou pela forma como respondi”, confirma o cirurgião ao Observador.

O antigo presidente da Mesa da Assembleia Geral, que até há pouco tempo era um dos principais defensores de Bruno de Carvalho, considera o convite “uma provocação miserável”. “Não faz sentido estarem a convidar-me para uma Comissão de Gestão com a qual estou em profundo desacordo. É um golpe inaceitável. Sou um defensor de eleições, tirei o meu apoio a Bruno de Carvalho, mas para dar voz aos sócios. Isto não é dar voz aos sócios, é aquilo que quiseram que eu fizesse no tempo de Godinho Lopes”.

Eduardo Barroso deixa ainda duras críticas a Jaime Marta Soares, presidente da Mesa da Assembleia Geral do clube. “É o tipo de pessoa que não serve para nada, foi um dos grandes culpados de o problema se arrastar. No passado, insultou-me a mim e ao Daniel Sampaio quando queríamos convocar a AG de destituição de Godinho Lopes. Depois foi a minha casa pedir-me desculpa pelo que disse, para poder pertencer à lista do Bruno de Carvalho. Ele anda ao sabor. Apoiou Godinho Lopes, mas aceitou logo a boleia do Bruno para poder ser presidente da Mesa da Assembleia Geral”.

O médico considera ainda a futura Comissão de Gestão “uma marioneta”, nomeada por uma Comissão de Fiscalização que é “anti-Bruno primária” e que, por isso, “não é imparcial, como não é imparcial a Comissão de Transição da MAG nomeada por Bruno de Carvalho”, sublinhou Eduardo Barroso.

Recorde-se que Bruno de Carvalho foi, esta quarta-feira, suspenso preventivamente das funções de presidente do Conselho Diretivo. A decisão tem efeitos imediatos e foi tomada, de forma unânime, pelos membros da Comissão de Fiscalização nomeada pela MAG do Sporting. Ainda durante o dia de ontem, Jaime Marta Soares prometeu anunciar em breve quem vai integrar a Comissão de Gestão.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: mbeu@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)