Os esforços para resgatar 12 crianças e um adulto, que estão desde sábado encurralados numa gruta na Tailândia, foram esta quinta-feira interrompidos devido à forte chuva que inundou parte da gruta, revela a Agência France-Press.

Os rapazes, com idades entre os 11 e os 16 anos, fazem parte de uma equipa de futebol. O adulto, de 25 anos, é o treinador. Terão entrado na gruta em questão, conhecida como Tham Luang Nang Non, no sábado e desde então não houve qualquer contacto com eles.

A forte chuva que se fez sentir durante a noite de quarta-feira levou à inundação de uma câmara dentro da gruta, o que dificultou os esforços das equipas de resgate. “Na situação atual, não é possível os mergulhadores entrarem na gruta, têm de esperar até a água diminuir”, revelou Anunpong Paojinda, ministro do Interior tailandês.

Narongsak Osatanakorn, governador da região de Chiang Rai, explicou as dificuldades da operação à Associated Press: “Tentámos retirar a água com uma bomba, mas a água continua a subir. Isso significa que a água que entra com a chuva continua a ser mais do que a água que retiramos. Temos de retirar água mais depressa”, resumiu.

[Veja no vídeo como os mergulhadores estão a enfrentar um dilema para salvar as crianças]

Um guia de grutas na Tailândia, Joshua Morris, explicou à BBC as hipóteses de sobrevivência do grupo: “O que está inundada é uma passagem de cerca de 2 km dentro da gruta. Se os miúdos estiveram do outro lado de lá, podem estar numa câmara mais alta que esteja seca”, afirmou.

“Estar encurralado numa gruta como esta é provavelmente uma das coisas mais horríveis que alguém pode viver”, acrescentou.

As equipas de salvamento, que incluem mergulhadores britânicos e militares norte-americanos, estão a tentar uma nova estratégia: escavar um novo túnel de entrada para a gruta numa zona mais próxima da área onde se crê que as crianças e o treinador estão.

Esta gruta, a de Tham Luang, é uma das mais profundas em toda a Tailândia. Durante a época das chuvas, entre julho e novembro, costuma inundar-se facilmente.