Uma mulher impediu uma menina de cinco anos e a sua mãe de se sentarem ao seu lado, no Metro de Madrid, por “não querer imigrantes ao seu lado”. Os outros passageiros ficaram indignados com o incidente, que foi captado pelo telemóvel da fotojornalista Iram Martínez.

“Eu estava na linha 5, onde apanhei o comboio na estação de Chueca, e quando parou em Callao, entrou uma mulher com sua filha de 5 anos. A mãe sentou a menina e uma mulher começou a dizer que ela não se podia sentar porque não tinha pago”, relatou a fotojornalista Iram Martínez ao El País.

“A mulher começou a gritar e a menina ficou muito assustada”, continuou. Nesse momento vários outros passageiros confrontaram a atitude racista da mulher, como se pode ver no vídeo. “Não pagam à Segurança Social”, gritou repetidamente enquanto vários passageiros lhe tentavam chamar à razão.

O vídeo causou indignação nas redes sociais, apesar de muitas pessoas se terem afirmado “orgulhosas” por viverem num país onde a atitude em causa não passou despercebida e é rapidamente repudiada.