Rádio Observador

Comissão Europeia

Mais de metade das baixas na educação eram fraudulentas

2.682

Conclusão é de um relatório da Comissão Europeia. Verificação de seis mil juntas médicas, para identificar baixas por doença incorretas, fez regressar ao trabalho mais de metade dos trabalhadores.

A Comissão Europeia dá ainda conta de que estavam planeadas mais seis mil ações de fiscalização que deveriam ser levadas a cabo entre março e agosto

AFP/Getty Images

No setor da Educação, mais de metade dos trabalhadores que estavam de baixa por doença tiveram de regressar ao trabalho depois de passarem por uma junta médica. A fiscalização foi feita em 2017 e a conclusão encontra-se no relatório da Comissão Europeia sobre a oitava avaliação a Portugal depois da saída da troika do país. A notícia é avançada pelo Jornal de Negócios.

No documento, Bruxelas adianta que o plano já anunciado para reduzir o absentismo no sector público começou a ser implementado. “A verificação de cerca de seis mil juntas médicas, no sector da educação no final de 2017, para identificar baixas por doença incorretas, contribuiu para o regresso ao trabalho de mais de metade dos casos avaliados”, lê-se no documento.

A Comissão Europeia dá ainda conta de que estavam planeadas mais seis mil ações de fiscalização que deveriam ser levadas a cabo entre março e agosto e que “um novo sistema de monitorização para avaliar o absentismo foi montado”.

Dados da ADSE, avançados pelo Jornal de Notícias em abril, mas referentes a março, davam conta de seis mil professores de baixa médica há mais de dois meses, que estariam à espera de serem chamados para ir a junta médica. Segundo o jornal, todos os meses cerca de 500 professores são avaliados por juntas médicas.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)