Mercado Imobiliário

Novo Banco acorda vender imóveis a fundos da Anchorage e espera receber 389 milhões de euros

O Novo Banco assinou um contrato-promessa de compra e venda de quase 9.000 imóveis, designados Projeto Viriato, a fundos da Anchorage, anunciou esta quarta-feira a instituição ao mercado.

TIAGO PETINGA/EPA

Autor
  • Agência Lusa

O Novo Banco assinou um contrato-promessa de compra e venda de quase 9.000 imóveis, designados Projeto Viriato, a fundos da Anchorage, estimando receber 388,9 milhões de euros, anunciou esta quarta-feira a instituição ao mercado.

“O Novo Banco informa que assinou um contrato-promessa de compra e venda com entidades indiretamente detidas por fundos geridos pela Anchorage Capital Group, uma sociedade de investimento sediada em Nova Iorque, para a venda de uma carteira de ativos imobiliários, designado por Projeto Viriato. A carteira com um valor contabilístico de 716,7 milhões de euros é composta por 8.726 propriedades com usos residencial”, lê-se no comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

O banco estima receber perto de 389 milhões de euros no âmbito do Projeto Viriato, encontrando-se o valor final dependente da carteira final de ativos a ser alienada.

De acordo com a instituição financeira, após a concretização da venda, a gestão da carteira será realizada pela Lace Investment Partners e “uma equipa de ‘servicers’ de referência em Portugal na gestão deste tipo de ativos”, que vão incorporar nos seus quadros um máximo de 30 colaboradores do Novo Banco.

“Esta transação representa mais um importante passo no processo de desinvestimento de ativos não estratégicos do Novo Banco, prosseguindo este a sua estratégia de foco no negócio bancário”, indicou.

O Novo Banco prevê que a transação se conclua até ao final do ano, assim que estejam reunidas todas as condições associadas à sua formalização.

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Caixa Geral de Depósitos

Caixa para que te quero

Inês Domingos

Centeno quis a toda a força financiar a Caixa para lá do que seria aparentemente preciso, mas disse no Parlamento que não tem interesse no resultado da auditoria que revelou os desmandos socialistas. 

Liberalismo

Por uma alternativa política

Manuel Loureiro
103

Vivemos contentes com crescimentos poucochinhos, resignados a um aperto económico com que as famílias vivem? Se em 1974 ganhámos a democracia, não estará agora na hora de lutarmos pela liberdade?

África do sul

África do Sul – Que Futuro?

Jaime Nogueira Pinto

Em vésperas de eleições, a República da África do Sul vive dias instáveis, entre a democracia e a cleptocracia. E radicalização de um ANC em quebra eleitoral pode por em causa os equilíbrios do regime

Governo

A famiglia não se escolhe? /premium

Alberto Gonçalves
364

Se ainda não se restringiu o executivo aos parentes consanguíneos ou afins do dr. Costa, eventualidade que defenderia com empenho, a verdade é que se realizaram amplos progressos na área do nepotismo

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)