O Novo Banco assinou um contrato-promessa de compra e venda de quase 9.000 imóveis, designados Projeto Viriato, a fundos da Anchorage, estimando receber 388,9 milhões de euros, anunciou esta quarta-feira a instituição ao mercado.

“O Novo Banco informa que assinou um contrato-promessa de compra e venda com entidades indiretamente detidas por fundos geridos pela Anchorage Capital Group, uma sociedade de investimento sediada em Nova Iorque, para a venda de uma carteira de ativos imobiliários, designado por Projeto Viriato. A carteira com um valor contabilístico de 716,7 milhões de euros é composta por 8.726 propriedades com usos residencial”, lê-se no comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

O banco estima receber perto de 389 milhões de euros no âmbito do Projeto Viriato, encontrando-se o valor final dependente da carteira final de ativos a ser alienada.

De acordo com a instituição financeira, após a concretização da venda, a gestão da carteira será realizada pela Lace Investment Partners e “uma equipa de ‘servicers’ de referência em Portugal na gestão deste tipo de ativos”, que vão incorporar nos seus quadros um máximo de 30 colaboradores do Novo Banco.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

“Esta transação representa mais um importante passo no processo de desinvestimento de ativos não estratégicos do Novo Banco, prosseguindo este a sua estratégia de foco no negócio bancário”, indicou.

O Novo Banco prevê que a transação se conclua até ao final do ano, assim que estejam reunidas todas as condições associadas à sua formalização.