Governo

Galamba secretário de Estado: Rio fala em “partidarização”, Justino diz que “anda tudo doido”

1.934

Justino diz que só reconhece a Galamba a "verborreia parlamentar" e não qualquer capacidade para ser secretário de Estado da Energia. Rio fala em "partidarização da pasta da energia".

CARLOS BARROSO/LUSA

O PSD reagiu de forma crítica à escolha de João Galamba para secretário de Estado da Energia. Rio falou numa “certa partidarização da pasta da energia” e David Justino, o vice-presidente do partido, escreveu no Facebook, em maiúsculas: “Anda tudo doido”.

Em declarações aos jornalistas à entrada para um encontro com militantes do PSD em Aveiro, o líder do PSD realçou que o setor da energia “é um lugar político, mas tem uma componente técnica forte”, adiantando que “não se conhece ao deputado João Galamba grande formação na área da energia”.

Penso que não tem nenhuma formação específica na área da energia. Sendo assim, vejo muito mais aqui a questão de uma certa partidarização da pasta da energia, do que propriamente colocarmos um técnico que sabe bem aquilo que o setor precisa”, afirmou Rui Rio.

A confirmar-se a escolha do antigo porta-voz do PS para assumir a pasta deixada vaga por Jorge Seguro Sanches, o líder do PSD considera que se trata de “um mau sinal”, ainda por cima, numa altura em que diz haver “uma tensão entre o Governo e as energéticas, particularmente a EDP”.

“A partidarização não augura nada de positivo e o anterior secretário de Estado estava a fazer um percurso que demonstrava alguma independência, alguma autonomia, nas suas políticas e nas suas decisões. Prevejo que agora não seja assim, mas vamos ver”, concluiu.

Já o vice-presidente e presidente do Conselho Estratégico Nacional do PSD, David Justino, escolheu comentar na sua página de Facebook a escolha de João Galamba para secretário de Estado da Energia de uma forma bem forte.

Minutos depois, em declarações ao Observador, David Justino ainda foi mais duro e disse que a João Galamba apenas lhe reconhece “a verborreia parlamentar“.

Não reconheço qualquer obra científica ou técnica. Aliás, a última intervenção que fez como deputado foi defender a escolha de um deputado do PS para a Entidade Reguladora do Setor Energético.”

David Justino diz ainda que “se a remodelação do Governo não surpreende, a escolha de Galamba é uma surpresa e não é uma agradável surpresa”. Ressalvando que a nomeação ainda não é oficial, o vice-presidente do PSD destaca que “se se confirmar, está tudo doido”.

Também o vice-presidente do CDS, Nuno Melo, tinha deixado um comentário crítico na sua página do Facebook, partilhando a escolha de Galamba com um apelo religioso: “Valha-nos a Santa…

Esta segunda-feira foi noticiado pela SIC, e confirmado pelo Observador, que o deputado socialista João Galamba será o próximo secretário de Estado da Energia, pasta que agora passou para a tutela do Ambiente. Galamba é vice-presidente da bancada parlamentar do PS e já foi porta-voz dos socialistas. É colocado na ala mais à esquerda do partido e a escolha poderá ser uma forma de responder aos que olham para a saída de Jorge Seguro Sanches da Energia como uma decisão para acalmar as grandes empresas de energia, em particular a EDP.

Agora que entramos em 2019...

...é bom ter presente o importante que este ano pode ser. E quando vivemos tempos novos e confusos sentimos mais a importância de uma informação que marca a diferença – uma diferença que o Observador tem vindo a fazer há quase cinco anos. Maio de 2014 foi ainda ontem, mas já parece imenso tempo, como todos os dias nos fazem sentir todos os que já são parte da nossa imensa comunidade de leitores. Não fazemos jornalismo para sermos apenas mais um órgão de informação. Não valeria a pena. Fazemos para informar com sentido crítico, relatar mas também explicar, ser útil mas também ser incómodo, ser os primeiros a noticiar mas sobretudo ser os mais exigentes a escrutinar todos os poderes, sem excepção e sem medo. Este jornalismo só é sustentável se contarmos com o apoio dos nossos leitores, pois tem um preço, que é também o preço da liberdade – a sua liberdade de se informar de forma plural e de poder pensar pela sua cabeça.

Se gosta do Observador, esteja com o Observador. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: rpantunes@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)