Segundo um press release do próprio fabricante, na mais recente reunião da administração da Porsche, que teve lugar no dia 18 de Outubro, foi decidido avançar com o segundo modelo eléctrico da marca, até aqui conhecido como Mission E Cross Turismo. O modelo foi inicialmente apresentado, enquanto protótipo, em Março deste ano, por ocasião do Salão de Genebra.

Poucos meses depois de anunciado a passagem à fabricação em série do Taycan, o primeiro veículo eléctrico da marca, eis que a Porsche volta ao tema, desta vez para revelar que o Taycan não será filho único, uma vez que também o que poderá ser o Taycan Cross Turismo avançará para produção.

Se o Taycan deve começar a sair da linha de montagem antes do final de 2019, o Cross Turismo não deverá começar a ser visto na rua antes disso, sendo o mais provável surgir apenas em 2020, até porque a Porsche (à semelhança de todos os outros fabricantes) necessita de veículos eléctricos para baixar a média de emissões de CO2 para valores de acordo com as normas.

O Cross Turismo herda muito do Taycan, a começar pelo sistema de funcionamento eléctrico a 800 volts, o dobro do que é normal, aliado ao facto de poder carregar em postos com uma potência de 350 kW, o que lhe assegura tempos de carga mais rápidos.