Helena Roseta foi retirada pelo Partido Socialista (PS) do grupo parlamentar de trabalho sobre habitação, avança o Diário de Notícias. O afastamento acontece um dia depois de a socialista anunciar a sua demissão do lugar de coordenadora desse mesmo grupo, por discordar do pedido do seu próprio partido para adiar a votação das propostas do governo para mudar as regras de arrendamento.

Embora a sua demissão de coordenadora não implicasse a saída do grupo de trabalho, o partido decidiu à mesma retirá-la e substituí-la pelo deputado Hugo Pires, bem como à deputada Eurídice Pereira, cujo lugar será ocupado por Nuno Sá. A decisão foi comunicada a Helena Roseta por mail, assinado pelo chefe de gabinete do grupo parlamentar, e enviado às 00h41 desta quarta-feira, menos de 24 horas depois de a deputada socialista anunciar a sua decisão de renúncia.

“Da minha parte isto não altera nada”, declarou Roseta ao jornal, garantindo que continuará a colaborar com o PS e com o grupo de trabalho sobre a habitação. “Isso não me podem impedir”, reforçou. Recorde-se que a socialista deixou fortes críticas à forma como o PS geriu as negociações com os restantes parceiros políticos para fazer aprovar um pacote de medidas na área da habitação. No dia da votação, e antecipando a falta de maioria necessária para fazer passar as medidas propostas, os socialistas pediram para adiar a votação, o que empurra a discussão e a votação do grupo de trabalho para o final deste ano.

Helena Roseta lamenta: habitação “não foi central nas questões do Orçamento”