A Comissão de Trabalhadores e a administração da Autoeuropa chegaram esta quinta-feira a um pré-acordo que prevê o pagamento do trabalho aos sábados e domingos a 100% e aumentos salariais de 2,9% em cada um dos próximos dois anos.

“É um ótimo acordo” disse à agência Lusa o coordenador da Comissão de Trabalhadores, Fausto Dionísio, adiantando que o pré-acordo laboral, que deverá ser votado entre 05 e 09 de novembro, prevê um aumento mínimo de 25 euros e a integração de 300 trabalhadores com contratos a prazo no quadro da empresa.

“Este pré-acordo prevê o pagamento do trabalho ao domingo a 100%, tal como já acontecia com os sábados”, frisou Fausto Dionísio, lembrando que esta era uma das principais reivindicações dos trabalhadores da Autoeuropa.

No caderno reivindicativo que entregou à administração da empresa, a Comissão de Trabalhadores da Autoeuropa reclamava um aumento mínimo de 36 euros e a passagem de 400 trabalhadores contratados a efetivos.

A administração da Autoeuropa só deverá fazer qualquer comentário depois da votação do pré-acordo laboral nas reuniões plenárias de trabalhadores, que deverão realizar-se na primeira semana de novembro.