Rádio Observador

Lifestyle

Um Natal à grande… e à sueca

Um ambiente de conto de fadas, em que tudo é perfeito e luminoso? Assim é o Natal na Suécia, onde se empenham em cada detalhe para torná-lo mágico. Da iluminação à mesa de consoada.

Se os portugueses adoram o Natal, os suecos não lhes ficam atrás, e vivem intensamente cada momento desta quadra. Os festejos começam logo no início de dezembro, altura em que o país inteiro entra no espírito natalício com uma energia incrível. E o mais importante é a oportunidade de celebrar com a família e amigos e brindar às coisas boas da vida.

Neste país nórdico, onde o inverno é rigoroso e os dias muito curtos, as decorações e iluminações de Natal são primordiais. Permitem resgatar a terra à escuridão, com o seu brilho e magia. E estão por todo o lado. Nas ruas, nos típicos mercados de natal cheios de gente, nas janelas dos bares, dos escritórios e das casas.

E se é para celebrar, que seja com tudo aquilo a que se tem direito. Não podem faltar, por exemplo, as deliciosas lussekatter, acompanhadas por um reconfortante Glögg, que os suecos simplesmente não dispensam. Não sabe do que é que estamos a falar? Então espreite a fotogaleria e fique a conhecer esta e outras tradições natalícias suecas.

Clique na fotografia e tire ideias da IKEA para a decoração de Natal da sua casa:

A IKEA está presente em cada momento e detalhe desta quadra festiva, oferecendo alternativas que vão desde a decoração e a iluminação da casa até à ceia de Natal.

Este Natal, deixe-se inspirar por algumas das tradições natalícias suecas e inove, em sua casa. Transforme um passeio pelo mágico universo de Natal da IKEA no ponto de partida para um Natal ainda mais luminoso, em família.

Saiba mais em https://observador.pt/seccao/observador-lab/ikea-inspira/

Não queremos ser todos iguais, pois não?

Maio de 2014, nasceu o Observador. Junho de 2019, nasceu a Rádio Observador.

Há cinco anos poucos acreditavam que era possível criar um novo jornal de qualidade em Portugal, ainda por cima só online. Foi possível. Agora chegou a vez da rádio, de novo construída em moldes que rompem com as rotinas e os hábitos estabelecidos.

Nestes anos o caminho do Observador foi feito sem compromissos. Nunca sacrificámos a procura do máximo rigor no nosso jornalismo, tal como nunca abdicámos de uma feroz independência, sem concessões. Ao mesmo tempo não fomos na onda – o Observador quis ser diferente dos outros órgãos de informação, porque não queremos ser todos iguais, nem pensar todos da mesma maneira, pois não?

Fizemos este caminho passo a passo, contando com os nossos leitores, que todos os meses são mais. E, desde há pouco mais de um ano, com os leitores que são também nossos assinantes. Cada novo passo que damos depende deles, pelo que não temos outra forma de o dizer – se é leitor do Observador, se gosta do Observador, se sente falta do Observador, se acha que o Observador é necessário para que mais ar fresco circule no espaço público da nossa democracia, então dê o pequeno passo de fazer uma assinatura.

Não custa nada – ou custa muito pouco. É só escolher a modalidade de assinaturas Premium que mais lhe convier.

Conteúdo produzido pelo Observador Lab. Para saber mais, clique aqui.
Partilhe
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: obslab@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)