Para o Presidente da República, a solução menos favorável para o Brexit “é uma saída sem qualquer acordo“. Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta terça-feira em Alpiarça, Santarém, onde falou aos jornalistas sobre o Brexit e a situação da Venezuela.

Em relação à saída do Reino Unido da União Europeia, e num dia em que os deputados britânicos votam o acordo para o Brexit, Marcelo afirmou que “é de desejar que, no quadro que existe hoje, a solução seja a mais favorável para as relações entre o Reino Unido e a União Europeia, e entre o Reino Unido e Portugal”.

Marcelo Rebelo de Sousa telefona para a Rádio Comercial e admite voltar a ter programa de rádio

O Chefe de Estado português foi também questionado sobre a situação da Venezuela, depois de a TAP ter anunciado esta terça-feira que cancelou o voo programado para Caracas. O presidente não quis comentar o sucedido, afirmando apenas que “Portugal e os responsáveis políticos portugueses têm de uma forma muito atenta e consistente acompanhado a situação na Venezuela“, com especial atenção à “nossa comunidade”, uma comunidade “muito ligada a Portugal e com grande mérito”.

O Presidente da República marcou presença na tarde desta terça-feira nas Comemorações do Centenário do Governo liderado por José Relvas, em Alpiarça.