O dirigente do CDS-PP Adolfo Mesquita Nunes vai entrar para o conselho de administração da petrolífera Galp Energia. O nome do antigo secretário de Estado do Turismo faz parte de uma lista que tem a aprovação do acionista Amorim Energia e que inclui outras novidades: a antiga diretora-geral da Cisco Portugal Sofia Tenreiro, a fundadora da Talkdesk Cristina Fonseca, Susana Quintana-Plaza, bem como o economista Edmar Fagundes de Almeida e Carlos Pinto.

A proposta do novo board, divulgada esta quarta-feira numa informação entregue na CMVM, será votada na assembleia-geral de acionistas da petrolífera, marcada para 12 de abril.

De acordo com o Expresso, Adolfo Mesquita Nunes será um dos administradores não-executivos da petrolífera. Mesquita Nunes — que exerce advocacia há quase 15 anos, nas áreas de direito público, contratação pública, regulação, contencioso, arbitragem e contratos públicos — vai manter-se como sócio no escritório de advogados Gama Glória.

A Amorim Energia propôs para o conselho de administração da Galp os seguintes nomes: Paula Amorim (Presidente), Carlos Gomes da Silva, Filipe Crisóstomo Silva, Thore E. Kristiansen, Carlos Costa Pina, José Carlos da Silva Costa, Sofia Tenreiro, Susana Quintana-Plaza, Miguel Athayde Marques, Marta Barroca de Oliveira, Francisco Teixeira Rêgo, Carlos Pinto, Luis Todo Bom, Jorge Seabra de Freitas, Rui Gonçalves, Diogo Mendonça Tavares, Edmar Fagundes de Almeida, Cristina Neves Fonseca e Adolfo Mesquita Nunes.

Caso seja aprovado pelos acionistas, o novo board vai cumprir um mandato de 2019 a 2022.