A Apple lançou esta segunda-feira uma nova atualização de segurança do iOS — 12.2 –, o sistema operativo móvel da empresa para iPhone e iPad, que traz 51 correções a falhas de segurança. A principal alteração nesta nova versão tem a ver com privacidade: foi corrigido um erro que permitia que as apps pudessem escutar, sem o utilizador saber, o que ouvia o microfone do smartphone.

Não é a primeira vez que uma app, ou a Apple, tem de resolver problemas devido a usos indevidos dos microfones dos utilizadores. Em junho passado, foi divulgado que aplicação para sistemas operativos Android da La Liga acedia aos microfones dos utilizadores para saber se estavam a ver emissões ilegais de jogos. Já a Apple, em janeiro, teve de atualizar o iOS porque um erro no Facetime permitia que qualquer pessoa pudesse utilizar um iPhone terceiro como escuta.

Além deste erro de privacidade, esta atualização que foi subtilmente lançada no mesmo dia em que a Apple divulgou novos serviços de streaming e um cartão de crédito, há também correções para prevenir que existam ataques informáticos aos SMS.

As vendas dos iPhone, um dos principais produtos da Apple, têm caído nos últimos meses. A concorrência com empresas como a Huawei e a Samsung aliada a várias críticas aos modelos Xs em relação a outros smartphones e problemas recentes de proteção de dados dos utilizadores, têm levado investidores a rever os investimentos na tecnológica americana.